Publicado por: animo30 | 30 de Março de 2009

MÁRIO VIEGAS DE REGRESSO AO CHIADO….

290320093358a

Para além dos mais de 20 originais que integram a exposição “ABRIL, ÂNIMOS MIL“, quero apresentar alguns trabalhos mais antigos e que, de alguma forma, pontuam estes 30 anos da existência da ânimo. Embora inicialmente programada para um outro espaço mais amplo (previa um conjunto de 60 obras) essa retrospectiva ficará, agora, obviamente, mais limitada a um espaço mais pequeno mas, inequivocamente, afortunadamente, muito mais significativo como é a Galeria da Associação 25 de Abril.De facto, tenho o privilégio de ter sido um dos cadetes de Abril de 1974 e poder expor, 35 anos depois, na Associação de que há muito sou sócio, é uma honra que não me canso de sublinhar e agradecer, nomeadamente, ao seu Presidente e caríssimo amigo, Vasco Lourenço.

Outro privilégio é o de poder celebrar a obra de alguém que, pelo amor à força das palavras e, nelas, ao  decisivo contributo  para a construção de um país melhor, como foi e é o caso de Mário Viegas.

Ontem, pude, com sentida emoção, recolher na sua casa natal, em Santarém, mais precisamente no seu quarto, “onde tudo começou, onde o Mário vinha educar a voz” (o quarto está como o deixou), como fez questão de lembrar Chinha, sua irmã e uma amiga de longa data – obrigado, Chinha pela tua amizade – o original que dediquei ao Mário, após a sua morte ( a partir da serigrafagem de uma fotografia desse outro amigo, o Ilídio Teixeira, então fotojornalista do Público) e que acabou por ser serigrafado numa edição que contou com o apoio do então Secretário  de Estado, Rui Vieira Nery.

 Estarás connosco na Exposição, Mário, “hic nunc et semper”!

nova-imagem-122

Um quadro assinado por M.Viegas. Um pouco mais e pareciam os girassóis do Vincent, amigo! Claro que tu já sabes a provocação que preparei para o Vincent, Vem cá!!!! Aí onde estás, Mário, sabes TUDO!

nova-imagem-123

Dois belíssimos exemplares dos santoantoninhos do Mário – claro,  não nos esquecemos que te chamavas António Mario Pereira Viegas – e ao lado uma fotografia onde podemos ver entre a irmã e a sobrinha,  a Mãe Mariana, agora com os seus 92 anos, um beijinho para ela.

E faltam 18 dias.

antónio colaço

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: