Publicado por: animo30 | 18 de Agosto de 2009

SAUDADES DE SANTA CLARA A NOVA

13082009819

 

 

 

 

 

 

 

 

13082009821

 

 

 

 

 

 

 

13082009823

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

13082009825

 

 

 

 

 

 

 

 

13082009853

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho que, verdadeiramente, o Sol ainda não se pôs lá naquele lado onde guardamos todas as nossas memórias.As Festas de Santa Clara-a-Nova, num Alentejo a despedir-se do Alentejo, quase a entrar nos Algarves, parece que ainda continuam tal a animação com que são feitas.Sem tempo para muitas palavras, estas são imagens carregadas de um Tempo que parece, às vezes, já ter desaparecido, o de uma comunidade que preserva as suas tradições a todo o custo.

A arruada dos rapazes depois de uma noite a bailar, continuamente, no adro da Igreja, depois de servida, pela madrugada, no mesmo recinto, a açorda alentejana, ei-los que partem pela aldeia, como que a recusarem a ideia de que a festa terminou!

No ombro de um deles, um pequeno pinto, impávido e sereno, melhor dizendo, solidário com as bem dessendentadas gargantas da rapaziada, não rejeitou a cerveja que lhe serviram na mão em forma de concha!

-“Chega, não lhe dês mais, pois já bebeu uma!”.

antónio colaço

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: