Publicado por: animo30 | 30 de Outubro de 2009

VALE TER ESPERANÇA PARA 2013

valter_marques

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este título, meu caro Valter, não é uma pergunta de quem duvida e sim a convicta afirmação de alguém que em ti e na tua energia acredita!

Sim, vale ter esperança em Valter Marques como o homem em quem os maçanicos depositam todas as adiadas esperanças para as mais que desejadas e legítimas mudanças.

Mas eu só fui eleito para governar os meus conterrâneos de Penhascoso, dirás!

2

Deixa-me que te felicite, antes de tudo o mais, não só pela vitória do teu querer mas, também, pelo querer vitorioso dos nossos amigos de Penhascoso.

Porém, Valter, a tua vitória é o primeiro passo para essa vitória outra há muito por todos nós desejada, qual seja, a de ver a nossa terra libertada de quase quarenta anos de nada. Eu sei que me vais chamar excessivo e, até, por que não reconhecê-lo, desestabilizador na serenidade de que deveriam ser feitos estes teus primeiros dias como responsável dos destinos de Penhascoso! Não te dou razão pela único motivo de estar a falar para um jovem que acreditou e se fez ao caminho e a quem não imagino ficar mudo, quedo e assim com tão pouco, contente!

Não! É por isso que a tua vitória contém tudo aquilo de que precisamos e de que não fomos capazes ao longo destes últimos e atribulados anos de militância no PS/Mação! Ou melhor, de que não fomos capazes no conjunto das forças vivas maçanicas! Sim, faltou-nos a tua genica e o teu querer, perdemos demasiado tempo a discutir, entre nós, quem tinha mais poder!

3

É certo que vais ter todo o tempo do mundo para mudares  Penhascoso e aquilo que nele precisa de verdadeira mudança, respeitando e aplaudindo o que o teu antecessor conseguiu de melhor! Sabes, tens a humildade que nunca faltou aos grandes de coração e tanto assim é que nas tuas primeiras palavras disseste que querias trabalhar para e com todos, outro dos sinais de que precisamos para as desafiantes tarefas que ora te confiamos! Ou seja, nas mudanças que vais operar em Penhascoso, todos temos os olhos postos no Valter generoso, no Valter que queremos generosamente a mudar Mação!

4

Vais ver que vais conseguir tempo para tudo e, sobretudo, conseguir tempo para nos reconciliares a todos.

És o único, Valter, que está em condições de provar que Mação tem solução!

Desde logo, por solucionares o que entre nós, dentro da casa socialista parecia não ter solução! A palavra mágica que tu conheces como poucos, eu sei, Valter, é o perdão! Perdoar significa para grande parte dos entendidos nas modernas terapias comportamentais ” deixar partir”, ser capaz de perceber que uns e outros, em nome das mais diversas razões, fomos incapazes de dizer um decidido não a egoísmos vários, a uma excessiva atenção sobre nós próprios, nunca percebendo que não somos sózinhos e que contar com o outro não nos diminui, e, sim, engrandece porque dinâmico somatório de várias vontades, vários protagonismos.

O passado é passado, não o podemos mudar mas podemos mudar a forma como olhamos para o que nele fizemos, sobretudo, porque, em face dos fracos resultados alcançados na dúzia de anos que duraram estes desencontros só podemos concluir que há que desistir. Desistir de insistir nas mesmas atitudes!

5

És tu Valter, de mãos dadas com mais meia dúzia de jovens, de coração limpo, não contaminado pelos nefastos condicionalismos de que te falei, quem está em melhores condições para nos chamares a Penhascoso, daqui a um ano, talvez, com alguma obra feita, sim, mas sobretudo numa quotidiana atitude de “mãos à obra“,  vamos lá a erguer a obra 2013!

6

E tu és, Valter, no meu modesto entender, o alicerce, a primeira pedra,  dessa grande obra que será colocar-te na Câmara Municipal de Mação em 2013!

7

E que se saiba desde já! Para que os que em ti confiam estreitem todos os laços da muita solidariedade que vai ser precisa e para que os que julgam que o Palácio lhes pertence ad aeternum te temam, com um temor que os faça fazer melhor, sim, mas que na hora de decidir o povo saiba de quem falamos e com quem verdadeiramente contamos para mudar, para, finalmente, evoluir!

antónio colaço

PS

1.Mas é claro que tenho um primeiro pedido a fazer-te: devolve-me a alegria e o fascínio dos moínhos do Penhascoso da minha adolescência. Pelo menos um dos que ainda lá deixou os seus vestígios. Valter, tal como eles, que o vento te faça mover todas as montanhas!

2.Voltarei a mais alguns detalhes, mas, amanhã, Valter, quero que sejas um dos motivos de animada conversa nesse momento maior de todos nós que é a Feira dos Santos. Vamos enfeirar o futuro! Temos o Valter Marques a marcar a agenda deste nosso presente! Com os olhos postos num mais solidário futuro!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: